quinta-feira, 3 de maio de 2018

Alunos são intoxicados no IFCE após problemas na manipulação de cloro na piscina

Alunos e funcionários do Instituto Federal do Ceará (IFCE) sofreram intoxicação após vazamento de cloro na piscina do campus de Fortaleza, localizado no bairro Benfica. Mais de 20 pessoas estavam no local durante o acidente. Oito alunos e um funcionário foram socorridos para hospitais.

O caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (2) após problemas na manipulação do produto.

De acordo com o diretor geral da instituição, Eduardo Bastos, o fato ocorreu quando um funcionário terceirizado retirava baldes com cloro utilizados na manutenção da água da piscina. Na manipulação do cloro, houve uma reação química que gerou uma nuvem de fumaça.

No momento do acidente, os alunos que estavam praticando natação nas raias da piscina acabaram sofrendo intoxicação

Em nota, o IFCE ressaltou que eles foram prontamente atendidos pela equipe da Coordenadoria do Serviço de Saúde da unidade e não houve comprometimento maior da saúde dos alunos e do funcionário.

Do total de pessoas atingidas, seis foram levadas até o Instituto Doutor José Frota (IJF), com queimaduras nas vias aéreas. Os outros foram encaminhados até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Itaperi e para rede particular de saúde.

Com informações do repórter Eumar Lima, da TV Jangadeiro.

Confira a nota do IFCE: 

A diretoria geral do campus de Fortaleza do IFCE informa que, apesar do incidente ocorrido na tarde desta quarta-feira, quando oito alunos e um funcionário terceirizado tiveram intoxicação leve por resultado de mistura de água e cloro em alta concentração, as aulas na instituição continuam ocorrendo normalmente.

De acordo com o diretor geral da instituição, Eduardo Bastos, o fato ocorreu por voltas 16h30min, quando um funcionário terceirizado retirava baldes com cloro utilizados na manutenção da água da piscina. Na manipulação do cloro, houve uma reação química que gerou uma nuvem de fumaça.

A fumaça foi inalada por alunos que utilizavam a raia um durante a aula de natação. Eles foram prontamente atendidos pela equipe da Coordenadoria do Serviço de Saúde da unidade, que confirmou não ter havido comprometimento maior da saúde dos alunos e do funcionário.

Foi acionado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e os estudantes sem plano de saúde foram encaminhamos ao Instituto Dr. José Frota e, os que tinham plano, a hospitais particulares da capital, conforme protocolo da instituição.

Foram intoxicados – em nível leve, 8 alunos (dois do sexo feminino e 6 masculino) e um funcionário terceirizado, da empresa Missão – responsável pela manutenção técnica do campus.

Dos que foram atendidos no IJF, quatro já estão de alta até a presente hora (18h36).

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster