terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Menino que sobreviveu à chacina em Fortaleza se fingiu de morto após tiro

Um menino de 12 anos que sobreviveu à maior chacina do Ceará, no clube "Forró do Gago", no Bairro Cajazeiras, se fingiu de morto ao levar o primeiro tiro na coxa. Outra criança que ajudava o pai na venda de lanches foi baleada e ameaçada, segundo relato de uma moradora da comunidade. A testemunha também contou ao G1 que outros sobreviventes, entre eles mulheres grávidas, pularam muros e se esconderam embaixo do palco para escapar dos atiradores.

A reportagem esteve no local por volta de 15h desta segunda-feira (29) e encontrou alguns comércios fechados, casas vizinhas anunciando a venda dos imóveis e moradores que preferiam ficar dentro das casas; alguns relataram medo.

A família do menino de 12 anos sobrevivente do caso, filho do vendedor de cachorro-quente conhecido como Marrom, morto no local, foi embora do bairro.

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster