sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Três homens morrem enquanto faziam limpeza de tanque em Caucaia

Três homens morreram quando faziam a limpeza de um tanque de dejetos de animais aquáticos na Fundação Aquasis, em Iparana, Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza). O caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (19).

De acordo com testemunhas, uma pessoa entrou na área de tratamento de dejetos de animais, onde há fluxo de gases tóxicos, e desmaiou.

Outras duas pessoas teriam descido até a área de tratamento para prestar socorro e também morreram. Uma pessoa ainda teria tentado ajudar os funcionários, mas passou mal e desistiu. O homem foi socorrido por profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e está hospitalizado.

As vítimas foram identificadas como Raimundo Martins da Silva, Raimundo da Silva de Andrade e Guilherme da Silva Martins.

De acordo com o Sesc, as vítimas são funcionários da organização não governamental Aquasis, que cuida de animais aquáticos que sofrem maus-tratos ou são achados encalhados no litoral do Ceará. O Sesc cede, por contrato, um espaço do balneário em Iparana, para a ONG, que abriga peixes-boi em criadouros.

“O Sesc lamenta e ao mesmo tempo deixa claro, que não tem nenhuma participação no acontecimento. O Sesc Ceará esclarece que o acidente ocorreu nas dependências da Fundação Aquasis, e que não há nenhum funcionário do Sesc envolvido. A Fundação Aquasis é uma instituição voltada para a educação e conservação ambiental, atua nas dependências da Colônia Ecológica em Iparana a partir de um convênio que cede o espaço para a sua atuação”, explica a nota.

A Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis), também lamentou o incidente por meio de nota. “A Associação lamenta e enfrenta neste momento grande pesar após o incidente ocorrido em suas dependências do Centro de Reabilitação de Mamíferos Marinhos em Iparana-Caucaia, espaço cedido pelo Sesc”.

A instituição ainda declarou que já está dando suporte às famílias das vítimas, bem como adotando todas as providências legais e necessárias para minimizar a dor desse momento de perda.

Segundo o Corpo de Bombeiros, é comum a presença de gases tóxicos em poços, onde o ar também é mais rarefeito e a combinação dos fatores, causa desmaios.

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster