quinta-feira, 20 de julho de 2017

Justiça determina afastamento do prefeito de Saboeiro e de quatro secretárias

O prefeito de Saboeira, Gotardo Martins, teve determinação da Justiça para ser afastado do cargo. Além dele, também sairão Ivolita Casimiro Fernandes Vieira (secretária de Saúde), Rita de Cássia Pereira (secretária de Educação), Tânia de Alencar Rocha Martins (secretária de Assistência Social), Suzete Nocrato dos Santos Moura (secretária de Finanças) e Raimunda Ciliane Pereira de Sousa (ordenadora de despesas do Fundo Geral).

Segundo a decisão do juiz Ramon Aranha da Cruz, essas pessoas foram responsáveis por diversas licitações com fortes e contundentes indícios de fraudes. As irregularidades foram constatadas no abastecimento de veículos, na licitação do serviço de internet para a prefeitura e, também, na licitação no aluguel de carros.

Houve, de acordo com a decisão, obstrução na colheita de provas por parte dos ocupantes dos cargos mencionados. “Consoante depoimento colhido pelo Ministério Público foi possível constatar que no dia 8 de junho de 2017 havia 4 homens num caminhão branco com identificação da Prefeitura desfazendo-se de diversas pastas com documentos os órgãos da Edilidade [Câmara dos Vereadores]”, informou a sentença do juiz Ramon Aranha Cruz.

Entenda

Gotardo Martins (PSD) debochou da Operação Avalanche, que cumpriu seis mandados de prisão preventiva e 25 de busca e apreensão na Prefeitura do município no começo deste mês.

Segundo ele, a Operação que mobilizou 29 viaturas da Polícia Civil, oito promotores e mais de 100 policiais se deve apenas a um promotor que “está querendo aparecer”.

“Tem 29 viaturas no Saboeiro invadindo aas casas de todos os secretários, de todos os amigos do Gotardo, e o promotor está querendo aparecer lá. Mas tem nada não, contra a gente, não. Eu estou tranquilo, primeirinho no céu”.

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster