sábado, 29 de julho de 2017

Jovem brasileira transmite próprio suicídio ao vivo em rede social; pais cometem o mesmo ato no dia seguinte

Bruna Andressa Borges, de 19 anos, cometeu suicídio com transmissão ao vivo na tarde da última quarta-feira (26), na vila militar, no bairro Bosque, em Rio Branco. No Facebook, ela publicou dizendo estar machucada.

Estudante do 3º período de ciências sociais na Universidade Federal do Acre (UFAC), a jovem anunciou na rede social que se sentia deprimida. Então, postou uma última publicação em que perguntava aos seus seguidores: “Já viram alguém morrer ao vivo?”

Em seguida, iniciou uma transmissão pelo Instagram. Os amigos alertaram o Corpo de Bombeiros, às 16h16, mas o socorro foi direcionado ao endereço errado, de acordo com o major do Corpo de Bombeiros, Cláudio Falcão.

A princípio, os amigos ligaram para que nós pudéssemos contê-la, mas passaram o endereço errado, que era onde ela morava antes de ter se mudado para a vila. E nesse local, ninguém sabia informar onde ela estava morando agora. Infelizmente, não chegamos a tempo de conter devido a esse 

Bruna também publicou mensagens como "a maior arma que o mundo criou foi o próprio ser humano", e "lamento profundamente ter existido". Também havia desabafos sobre um possível relacionamento abusivo.

No dia 27, os pais da estudante também foram encontrados mortos em sua residência. Segundo informações da Polícia Militar local, o casal decidiu cometer o ato da mesma maneira que a filha o fez.

A Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros acompanham o caso.

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster