segunda-feira, 26 de junho de 2017

Empresa de curso CIA Magistral faz propaganda enganosa em Pentecoste; populares denunciam golpe

A empresa Cia Magistral, fundada em 1989, de propriedade da empresária Isolene Niedermeyer, com matriz situada em Maringá, Paraná, oferece um curso de confecção de lingerie. De acordo com o site Cia Magistral, a empresa atua em todo o Brasil, tendo formado mais de 300 mil alunos. Funcionários da companhia, chegaram recentemente em Pentecoste, oferecendo o serviço.

Ao fazer uma rápida pesquisa na internet, buscando pela empresa, é possível encontrar em sites e blogs, comentários de internautas denunciando o serviço oferecido. Conforme denúncias de brasileiros de várias localidades do país, a empresa age, no mesmo modus operandi. Chega em cidades com alto índice de desemprego, anuncia em carros de som ou através de rádios, um curso de costura que promete ajudar financeiramente e ensinar costurar em um único dia.

Em Pentecoste não foi diferente, o curso foi anunciado através de rádios. Funcionários da companhia conseguiram espaço, no Salão Paroquial da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, para ministrar as aulas.

No início da manhã desta segunda-feira, 26 de junho, fomos acionados por populares alegando terem sido vítimas de um golpe. De acordo com informações de algumas vítimas, na divulgação feita pessoalmente por um representante, cerca de 300 pentecostenses estiveram presentes na reunião. Alguns pagaram R$60,00 reais pela inscrição, que cria esperança de mudar de vida. Ao fazer o pagamento e passar informações pessoais como endereço, RG e CPF, o interessado recebia um panfleto informando que teria de pagar um valor de R$500,00 reais, para fazer o curso. Segundo o anúncio, ao terminar o curso, o formado poderia firmar parceria, produzir as peças íntimas e enviar através dos Correiros. Caso aprovado no teste de qualidade, o produtor receberia comissão e através dela, as parcelas do curso seriam descontadas. 

Por não atender às expectativas, os munícipes pediram reembolso, porém, não obtiveram sucesso. Enganados pela Cia Magistral, os denunciantes buscaram à Delegacia para registrar Boletim de Ocorrência (B.O).

A ação da Justiça

De acordo com informações do Ministério Público do Estado da Bahia, sob a suspeita de ministrar um curso profissionalizante em desconformidade com o que prometia em sua propaganda, a empresa CIA Magistral, foi alvo do cumprimento de um mandado de busca e apreensão na cidade de Remanso, a 692 km de Salvador. 

Solicitado pela promotora de Justiça Aline Curvêlo Tavares de Sá e expedido pela Justiça, o mandado foi cumprido durante a tarde de 08 de maio de 2014, no Salão Paroquial da Igreja Matriz de Remanso, onde era ministrado o curso profissionalizante de confecção de lingerie. Foram apreendidos R$ 6.626,00 em valores de inscrições, 170 boletos, totalizando R$ 6.750,00, além de fichas de inscrição, material publicitário, um notebook, um aparelho celular, um retroprojetor, bem como cópias de documentos pessoais./maringa.odiario.com/maringa/2016/03/empresaria-de-maringa-recebe-premio-mulher-empreendedora/2096220/

No vídeo a seguir, você pode conferir o desabafo de algumas vítimas do golpe de propaganda enganosa:


Por André Barros
Editor do Blog Notícias de Pentecoste

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster