quinta-feira, 18 de maio de 2017

STF determina afastamento de Aécio e autoriza prisão da irmã do senador

O STF determinou o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato de senador e do deputado Rocha Loures (PMDB-PR) do mandato de deputado federal. O Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, solicitou a prisão do parlamentar tucano, mas o ministro Edson Fachin negou.

Inicialmente, a imprensa nacional informou que Fachin iria levar o caso ao Supremo, porém o ministro afirmou que não o faria. O plenário só avaliará o caso se o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, autor do pedido, decidir recorrer da decisão de Fachin.

O Supremo autorizou a prisão de irmã do senador tucano, Andrea Neves. Andrea é alvo de um mandado de prisão expedido pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Andrea Neves, foi presa preventivamente pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (18) na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Agentes da Polícia Federal foram a imóveis do senador e presidente do PSDB no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte, na manhã desta quinta-feira (18). O presidente do PSDB foi acusado pelo empresário Joesley Batista de lhe pedir dinheiro em meio às investigações da Operação Lava Jato. O valor de R$ 2 milhões foi rastreado e chegou ao senador Zezé Perrella (PMDB-MG).

Andreia Neves e Altair Alves, ligado ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) também foram alvo da operação. A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão nos gabinetes de Aécio e Zezé Perrella no Senado.

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster