sábado, 6 de maio de 2017

Adolescente é apreendido pouco antes de cometer homicídio que seria “batismo” em facção

Um adolescente foi apreendido após um tiroteio de um grupo de cinco pessoas com guardas municipais de Eusébio, na Grande Fortaleza. Segundo o que o adolescente contou aos inspetores, eles estariam em busca de um desafeto, que teria matado um irmão do jovem. O caso aconteceu na noite dessa quarta-feira (4).

Dois disparos atingiram a viatura dos guardas municipais — um no para-choque, outro na sirene. Os agentes se posicionaram atrás da viatura e nenhum deles foi ferido.

À reportagem do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT, os inspetores afirmaram que cerca de 25 tiros foram efetuados contra a composição. A equipe apurou que cada um dos homens do grupo tinha uma pistola.

O adolescente teria um revólver calibre 38, que repassou a um dos comparsas quando estes fugiam. Ele só não teria escapado por ser baixo e não ter conseguido pular um muro. Até o momento, os homens estão foragidos. Os guardas conseguiram apreender ainda um carregador de pistola e munições de revólver.

Ainda conforme repassado pelo adolescente aos guardas, o grupo rodava há cerca de meia hora em um carro à procura do desafeto. O homicídio seria a condição posta para que o adolescente fosse “batizado”, isso é, passasse a ser reconhecido como membro da facção criminosa. O alvo seria membro da facção criminosa conhecida como Comando Vermelho (CV). O bando havia vindo do bairro Aerolândia, na Capital, apenas para cometer o assassinato.

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster