terça-feira, 7 de março de 2017

Polícia identifica e caça meliantes que espancaram Dandara até a morte

A Polícia já identificou e está à procura dos quatro jovens acusados de espancar e matar um travesti no último dia 15 de fevereiro, em Fortaleza. O crime teve repercussão nacional, pois foi filmado e As imagens postadas nas redes sociais.

As buscas aos suspeitos estão sendo realizadas por equipes de policiais da Coordenadoria Integrada de Inteligência (Coin), Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP) e do 32º DP (Bom Jardim).

Os suspeitos tiveram prisão preventiva decretada pela Justiça à pedido da Polícia Civil. As imagens que foram publicadas nas redes sociais mostram quando os assassinos espancam o travesti conhecido por “Dandara”. O caso ocorreu no bairro Bom Jardim, no chamado Território da Paz, na periferia sul de Fortaleza.

Governador

Depois de espancar a vítima sem um motivo aparente, os assassinos a colocam em um carrinho de mão e desaparecerem na rua. Horas depois, conforme a Polícia, o corpo de “Dandara” foi encontrado em um matagal. Estava repleto de lesões causadas por chutes, socos e pauladas.

O caso teve ampla repercussão na mídia e o governo do Estado chegou a emitir uma nota reprovando o crime de intolerância. Na tarde desta segunda-feira (6) o próprio governador do Ceará, Camilo Santana, informou nas redes sociais que a Polícia já havia identificado os suspeitos e a ordem era prendê-los.

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster