sábado, 11 de março de 2017

Muito cuidado: cibercriminosos estão indo atrás de cidadãos que resgatam FGTS

A equipe da Kaspersky Lab (empresa de antivírus) soltou uma nota alertando sobre os perigos na hora do saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). De acordo com a empresa, cibercriminosos estão utilizando técnicas de phishing (roubo de informações) e malware (vírus) para conseguir dados de cidadãos que têm alguma quantia para sacar no banco — são mais de 4,8 milhões de brasileiros que já podem receber o pagamento, nascidos entre janeiro e fevereiro.

"Para disseminar os ataques os criminosos têm usado sites falsos, e-mails maliciosos e posts em redes sociais, tudo com o objetivo de distribuir trojans(vírus cavalo de Troia) bancários, alterar o roteador da vítima e assim roubar dados pessoais", notou a Kaspersky.

Mais perigoso, por se tratar de um ambiente mais relaxado, o Facebook também é alvo. Isso porque os criminosos estão criando páginas falsas para ludibriar usuários e roubar dados sensíveis.

“A tendência é que os ataques com estes temas aumentem conforme o governo vai liberando o dinheiro”, afirma Thiago Marques, analista de segurança da Kaspersky Lab no Brasil. “A quantidade de sites não oficiais trazendo supostas informações dos saques, alguns deles pedindo informações pessoais do visitante podem ser usados em golpes onde seria possível até mesmo sacar indevidamente o dinheiro das vítimas”, informa o analista.

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster