segunda-feira, 6 de março de 2017

DHPP procura suspeitos de matar policial militar

Sargento não resistiu aos ferimentos de sete tiros disparados por dois homens, em ação no bairro José Walter


Sargento PM Francisco Eronilton de Queiroz saiu de casa para ir à padaria, quando foi surpreendido e baleado por dois homens, na Rua 89, na manhã de ontem
00:00 · 06.03.2017

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, instaurou inquérito para apurar o assassinato do sargento da Polícia Militar do Ceará (PMCE) Francisco Eronilton de Queiroz, 45, na manhã de ontem, e capturar os bandidos envolvidos no crime.

O policial militar foi morto na Rua 89, no bairro José Walter, em Fortaleza, por dois homens que o abordaram e dispararam sete tiros. Após o crime, a dupla fugiu sem ser identificada.

Policiais da DHPP se deslocaram ao local para iniciar a investigação e realizaram diligências pela região, com o apoio de PMs do Ronda do Quarteirão e do Batalhão e Batalhão de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), até o período da tarde. As buscas resultaram na condução de três pessoas até a Especializada, localizada no Bairro de Fátima.

Um homem conduzido acabou preso por tráfico de drogas, porque estava na posse de cocaína e maconha, segundo informações da Delegacia. O nome dele e a quantidade de droga não foram informados. Apesar da detenção ser efetuada durante as buscas pelos suspeitos de matar o sargento Queiroz, a Polícia Civil não havia obtido provas de que o homem tinha relação com o homicídio, até o fechamento desta matéria.

A companheira do preso e outro homem, que não tem relação com o casal, também levantaram a suspeita dos investigadores e foram levados à DHPP para prestarem esclarecimentos.

Crime

O sargento Queiroz havia saído de casa para ir à padaria e estava pilotando uma motocicleta, quando foi surpreendido e baleado por dois homens, em uma rua estreita, por volta de 7h.

Moradores da área chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que já encontrou o policial morto ao chegar ao local.

Segundo informações do comando da Área Integrada de Segurança (AIS) 5, os pertences da vítima não foram levados na ação criminosa, o que deve descartar a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte).

Francisco Eronilton de Queiroz era lotado na 2ª Cia do 15º BPM, no município de Chorozinho, a cerca de 68 km de distância de Fortaleza, e estava de licença na Capital para um tratamento de saúde.

Através da rede social Facebook, a Polícia Militar do Ceará disse estar consternada e lamentou profundamente o falecimento do sargento Queiroz. "Manifestamos nossos sentimentos aos amigos e policiais militares pela perda de mais um membro dessa Instituição", declarou.

Policiais assassinados

A morte do sargento Queiroz é o quarto assassinato de policiais no ano de 2017 no Ceará, o segundo no mês de março.

O último crime havia vitimado o sargento da Reserva Remunerada da PM José Eudes de Sousa, 51, morto a tiros na última sexta-feira (3), em Limoeiro do Norte. A principal suspeita é de 'queima de arquivo', já que o PM havia presenciado um homicídio há oito dias.

Diário do Nordeste

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster