quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

PM acusado de liderar grupo de extermínio é demitido da Corporação

'Cabo Pena' foi condenado, há quase oito anos, a 15 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado


CGD publicou portaria demitindo o policial militar Pedro Cláudio Duarte Pena ( Foto: Kiko Silva/ Arquivo Diário )

Acusado de liderar um grupo de extermínio e praticar vários homicídios no Estado, o cabo Pedro Cláudio Duarte Pena, conhecido como 'Cabo Pena', foi demitido da Polícia Militar do Ceará (PMCE), por decisão da Controladoria Geral de Disciplina (CGD) tomada no dia 16 de fevereiro deste ano e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) na última terça-feira (21).

'Cabo Pena' foi condenado, há quase oito anos, no dia 21 de agosto de 2009, a 15 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e sem dar chances de defesa à vítima. O PM e mais sete pessoas, todas encapuzadas, foram acusados de invadir uma residência no bairro Jardim Iracema, na Capital, e executar Lenimbergue Rocha Clarindo com 15 tiros, no dia 18 de julho de 2006. 



A decisão da CGD pela demissão de Pedro Cláudio se baseou no seu histórico criminal. "O aconselhado seria o líder do grupo de extermínio que culminou em diversos homicídios, conforme intercepções telefônicas devidamente autorizadas pelo juízo. [...] A conduta do militar aconselhado em ter seu nome diretamente associado a inúmeros delitos, dentre eles, crimes hediondos, inclusive, com sentença condenatória e prisão preventiva decretada, por si só, demonstra a incompatibilidade de seu comportamento com o mister da Corporação", justificou o órgão.

Mesmo preso, o PM se encontrava na reserva remunerada da Polícia Militar. 'Cabo Pena' ainda poderá recorrer da decisão do processo administrativo de demiti-lo e voltar aos quadros da corporação.

Diário do Nordeste

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster