sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Vagabundo é linchado, decapitado e teve o corpo carbonizado após estuprar a própria mãe

Um homem foi linchado, decapitado e teve o corpo carbonizado, na madrugada de ontem, em um matagal localizado no fim da Rua Bolívia, no bairro Planalto Pici. Segundo a Polícia, ele teria estuprado a própria mãe e os moradores da comunidade das Malvinas, onde a vítima morava, teriam matado o agressor que não teve a identidade divulgada.

Quando percebeu que o crime que cometera havia sido descoberto pelos moradores e que havia algumas pessoas enfurecidas à procura dele, o homem tentou fugir e seguiu rumo a um terreno baldio, que dava acesso ao matagal. Porém, antes de chegar ao local foi alcançado e acabou sendo espancado.

Conforme testemunhas relataram à TV Diário, o corpo foi levado até uma parte de difícil acesso do matagal e abandonado por um grupo de pessoas. O número preciso de envolvidos no caso não foi divulgado. Segundo as testemunhas, o acusado do estupro foi decapitado e ainda teve o corpo queimado. A Polícia suspeita que o homem, de aproximadamente 35 anos, tenha sido morto em consequência do espancamento e só teve a cabeça arrancada quando já estava sem vida. 

Quando as primeiras patrulhas da PM chegaram ao local o corpo ainda estava em chamas. No entanto, os suspeito de praticar o linchamento já havia fugido. Embora a equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que esteve no local, acredite que os vizinhos da idosa estuprada mataram o filho dela, ninguém foi preso até o fim da noite de ontem pelo crime. 

A Perícia Forense do Ceará (Pefoce) também esteve no local para recolher o corpo e fazer os primeiros procedimentos para elucidar qual a causa da morte. Populares disseram à Polícia Militar, que a vítima do linchamento era usuária de drogas há algum tempo.

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster