sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Operação na cadeia pública de Pentecoste apreende celulares, armas e drogas

Tendo em vista as fugas, massacres e rebeliões que tem acontecido nas cadeias e presídios, em alguns estados do país, o Ministério Público, na pessoa do promotor de justiça Lucídio de Queiroz Junior, fez uma solicitação e foi realizada uma operação pela Polícia Militar, juntamente com o apoio da C.C.P.I Norte que, resultou na apreensão de drogas, celulares, um canivete e uma faca (armas brancas), na cadeia pública de Pentecoste, na tarde desta sexta feira, 06 de janeiro. 

Ao todo foram apreendidos: nove celulares, com baterias e carregadores; uma faca; três tesouras; um canivete e uma quantia não calculada de drogas.

Em entrevista, o Tenente Bertrand, que comandou a operação, afirma que não é possível identificar à quem pertence os objetos ilícitos que foram apreendidos. O próprio afirma que, "o problema é nossa legislação, que complica muito o nosso trabalho; nós poderíamos fazer um trabalho mais rigoroso, mas não é possível, a nossa legislação facilita esse tipo de acontecimento", concluiu o Tenente se referindo à entrada de objetos proibidos nos presídios e cadeias brasileiras. Na oportunidade, também entrevistamos o Tenente Delmiro, que deu apoio na operação. Confira o vídeo completo a seguir:


Por: André Barros

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster