terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Dupla fraudava entrega de água para famílias vítimas da seca


Paulo Tierdes Cavalcante de Oliveira e Wanderson da Silva Costa foram presos em flagrante nesta terça-feira (3), em Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza. A dupla é acusada de fraudar um trabalho de enfrentamento à seca, a Operação Carro-Pipa, realizado com apoio do Governo Federal. A Polícia Militar encontrou os suspeitos desperdiçando a água que deveria ser entregue para moradores do município de Canindé, Sertão Central. 

De acordo com a Polícia Militar, pelo menos três pessoas denunciaram que havia um caminhão-pipa jogando água potável em um matagal. Os policiais foram ao local e encontraram Paulo e Wanderson em um veículo. Um deles afirmou que o caminhão apresentou um problema técnico e por isto, a água estava vazando. 

A Polícia Militar ainda afirmou que os caminhoneiros recebiam entre R$ 500 e R$ 800 para entregar água em cidades mais afetadas pela crise hídrica que o Ceará e outros estados passam. 

Os suspeitos recebiam o dinheiro, abasteciam o caminhão em Maracanaú e nem chegavam a sair da cidade. Em um terreno mais afastado, a água era despejada. Segundo um dos suspeitos, o caminhão apresentou um problema técnico e por isto, a água estava vazando. Entretanto, vídeos encaminhados ao mostram que bastava fechar uma torneira na traseira do caminhão, que a água parava de cair.´
Paulo Tierdes e Wanderson da Silva responderão por crime de dano e estelionato. 

A Operação Carro-Pipa federal é subordinada ao Exército Brasileiro. Para o município ser incluindo, deve formalizar a intenção junto à Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração Nacional (MI). Procuramos o Comando da 10ª Região Militar do Exército Brasileiro, para se manifestar sobre as prisões. Porém, nenhuma ligação foi atendida. 

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster