sábado, 17 de dezembro de 2016

Homem vai pagar R$ 20 mil por xingar mulher de feminista 'fdp' no WhatsApp

Um homem não identificado, que atua como relações públicas na cidade de São Paulo (SP), terá que pagar R$ 20 mil para uma advogada após xingá-la de "filha da **t*" e divulgar imagens da mulher com a ofensa. De acordo com a Folha, o homem havia ofendido a moça em um grupo do WhatsApp.

"O caso foi em julho, quando os dois participavam de um grupo no WhatsApp em que foram publicadas piadas machistas e xingamentos contra Dilma Roussef", diz a colunista Mônica Bergamo. Por causa das ofensas e da divulgação das fotos — acompanhadas pela frase "feminista filha da p*ta" —, a advogada levou o caso para a Justiça.

A coluna diz que o homem recebeu a chance de se retratar e pedir desculpas, porém, se recusou. O advogado do réu havia argumentado que discussões políticas são normais. Contudo, o juiz que julgou o caso disse que "ninguém é obrigado a concordar politicamente com ninguém, mas que isso não lhe dá o direito, por mais calorosa que seja a discussão, de adotar uma conduta tão repugnante, típica de movimentos totalitários".

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster