sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Um conteúdo exclusivo sobre Aedes Aegypti em Pentecoste, confira:

(Agente de endemias dentro de uma caixa d'água)
A população tem reclamado das dores causadas pela febre chikungunya e pede que os agentes de endemias resolvam a situação. Com os problemas enfrentados e a dificuldade de trabalho, devido a falta de equipamentos destes profissionais, o problema não se resolve fácil, principalmente por parte da responsabilidade ser dos moradores de Pentecoste. Vale lembrar que os agentes de endemias não fazem milagres, trabalham sem equipamentos de proteção e as vezes o veículo ainda para de funcionar na estrada.

(Agentes de endemias empurrando o veículo de trabalho)
Os agentes de endemias trabalham arduamente, fazem o trabalho local, alguns até entram em caixas d'água. Uma parte da população colabora mantendo a casa sem criadouros do mosquito, uns fazem pouco e outros não fazem nada, estes tentam fazer algo depois que já estão com os efeitos da chikungunya. Não vemos a atual gestão agir de forma direta e ostensiva para acabar com tal praga.
Na sessão realizada no dia de hoje (11 de novembro) na Assembleia Legislativa Do Estado do Ceará, o Deputado Estadual Roberto Mesquita fez um apelo com o objetivo de acabar com uma praga que tem aterrorizado Pentecoste: Aedes Aegypti, mosquito transmissor de dengue, chikungunya e zika vírus. Confira no vídeo a seguir:


O Deputado Roberto Mesquita diz que a população e o poder público devem fazer as respectivas partes e que os outros deputados, enquanto representantes do povo, devem agir e dar uma resposta contra tal epidemia vivenciada em Pentecoste. Ele pede que Secretaria da Saúde do Estado do Ceará não meça esforços e envie com urgência carros fumaces para Pentecoste. Afirmou também que a falta de atuação do poder público Estadual e Federal contribui com tal situação, pois os esgotos abertos nas ruas de Pentecoste são um dos canais de de proliferação do mosquito.

Pedimos a você caro internauta, faça também a sua parte: mantenha seu quintal limpo, elime reservatórios que possam acumular água parada, vede a sua caixa d'água, coloque em reservatórios que contém muita água peixes que comem larvas do mosquito. A responsabilidade é de cada um de nós.

Por: André Barros

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster