segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Surto de doenças causadas pelo Aedes aegypti em 14 cidades do Ceará

Pelo menos 46 cidades do Ceará estão em situação de alerta ou risco de surto de dengue, chikungunya e zika. É o que aponta o Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) de 2016, realizado pelo Ministério da Saúde, em conjunto com os municípios. Missão Velha é a cidade com maio Índice de Infestação Predial (IIP).

Segundo os dados, são 14 municípios estão em risco. São eles Missão Vilha, Mauriti, Capistrano, Canindé, Baturité, São Luís do Curu, Varjota, Farias Brito, Irauçuba, Aracoiaba, Jaguaretama, Ipaumirim, Coreaú e Marco. Todas elas apresentam IIP igual ou superior a 4. O maior índice do Estado é de 29,6, em Missão Velha. Mauriti, Capistrano e Canindé também apresentam índice com dois dígitos (respectivamente: 27,1 / 14,5 / 13,7).

O LIRAa aponta ainda que 32 municípios cearenses estão em alerta. Cidades da Região Metropolitana de Fortaleza como Caucaia, Maracanaú e Horizonte estão entre eles. A capital cearense está entre os 68 municípios que apresentam situação satisfatória.

O levantamento considerou cidades com mais de 2 mil imóveis e foi realizado a partir da adesão voluntária de municípios, nos meses de outubro e novembro. A partir de 2017 é provável que o LIRAa se torne obrigatório.

Lista de cidades atacadas pelo Aedes 

Com informações do Cnews

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster