sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Marcelo Odebrecht diz em delação premiada que Lula recebeu propina em dinheiro vivo


O herdeiro e ex-presidente da empresa que leva seu nome, Marcelo Odebrecht, afirmou em delação premiada ao Ministério Público Federal (MPF) que entregou dinheiro vivo ao ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. Os repasses foram efetuados, em sua maioria, quando Lula não mais ocupava o Palácio do Planalto. O maior fluxo ocorreu entre 2012 e 2013, informa reportagem da revista Istoé

Segundo a publicação, foram milhões de reais originários do setor de Operações Estruturadas da Odebrecht - o já conhecido departamento da propina da empresa. A Polícia Federal já confirmou que, aproximadamente R$ 8 milhões foram transferidos ao petista. Fontes que tiveram acesso à delação de Marcelo Odebrecht, revelaram à Istoé que o dinheiro repassado a Lula em espécie derivou desse montante.

O depoimento revelado pela Istoé comprova que Lula não só esteve presente durante as negociatas envolvendo dinheiro sujo, como aceitou receber em espécie. "Se os repasses representavam meras contrapartidas a 'palestras', como a defesa do ex-presidente costuma repetir, e se havia lastro e sustentação legal, por que os pagamentos em dinheiro vivo", questiona a reportagem assinada por Débora Bergamasco, Sérgio Pardellas e Mário Simas Filho.

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster