quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Facebook e Google se unem contra sites de notícias falsas


Você deve conheVia: Tudo Celularcer algum familiar ou amigo que vive a se indignar com notícias falsas no Facebook. Exemplo clássico é a de que Suzane Richthofen teria sido escolhida presidente da Comissão de Seguridade Social e Família e que o ex-jogador Adriano Imperador teria virado mendigo.

Apesar de desagradáveis, esses boatos ganharam potentes amplificadores nos últimos anos, como o Facebook e o Google. Agora, as duas gigantes vão vetar anúncios publicitários em páginas e sites que disseminem conteúdo falso numa tentativa de impedir a popularização destas mentiras. Detalhes específicos de como o rebaixamento destes portais de informações inverídicas não foram anunciados, mas sabe-se que o Facebook já agendou reuniões internas para tratar do tema.

Zuckerberg, inclusive, chegou a alegar em um post divulgado na própria rede social que 99% das notícias que circulam na sua rede social são verdadeiras, número bem questionável por qualquer usuário mais atento.

Seja como for, a preocupação dos sites e redes sociais, sobretudo o Facebook, com conteúdo de baixa qualidade de mentiroso não é de hoje. O tal "feed inteligente" é atualizado constantemente, sempre como novas regras para funcionamento dos algoritmos. Para o constante e saudável crescimento das bilionárias plataformas, é consenso que é necessário ter conteúdo de qualidade.

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster