sábado, 1 de outubro de 2016

MPF investiga Naumi Amorim por usar amizade com Camilo para beneficiar presos ligados ao PCC

O Ministério Público Federal no Ceará investiga, segundo reportagem da revista Isto É desta semana, o deputado Naumi Amorim, suspeito de ter usado sua amizade com o governador Camilo Santana para beneficiar presos ligados ao PCC no Ceará.

Segundo a denúncia, Naumi, candidato a prefeito de Caucaia, utilizou a amizade com Camilo para transferir um dos principais líderes do PCC, Francisco da Silva, mais conhecido como "Rafael Xilito", de um presídio para uma penintenciária em Pacatuba, onde em tese disporia de mais regalias.

Outros investigados

Ainda de acordo com a reportagem, o MPF também investiga a influência do PCC na candidatura a prefeito de Dudu Eleotério, em Mombaça.

Procuradores tiveram acesso a áudios atribuídos ao sobrinho do candidato, onde ele sugere que o PCC e o "jogo do bicho" estariam dispostos a gastar R$ 20 milhões para eleger Dudu.

"Eles não querem assim, dinheiro contra dinheiro? Então vai ser assim agora. Vem PCC!". Em Mombaça, Alejandro Camacho, CEO da principal facção criminosa do Brasil e irmão de Marcola, tem fortes vínculos com o município, onde é conhecido como "Júnior Mombaça".

Via: Ceará News 7

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster