quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Acusado de matar modelo Johnny Moura será levado a júri popular

O modelo foi assassinado ao sair de uma festa (FOTO: Reprodução/Facebook)
No próximo dia 30 de novembro, o agente penitenciário Renilson Garcia Araújo, acusado pelo homicídio do modelo Johnny Moura Melo em dezembro de 2015, vai a júri popular. A decisão foi divulgada nesta terça-feira (11) pelo Tribunal de Justiça do Ceará.

O crime ocorreu no dia 27 de dezembro de 2015, por volta das 5h30, após festa realizada em buffet localizado na avenida Engenheiro Luís Vieira, no bairro Dunas, na capital.

Segundo a denúncia, o acusado, que entrou no local com arma de fogo, teria se envolvido em uma briga com a vítima por Johnny acreditar que Renilson estaria olhando para a sua namorada.

Já do lado de fora do estabelecimento, Renilson se aproximou do veículo em que Johnny estava e atirou na cabeça do modelo, que não resistiu ao ferimento.

O agente foi preso em flagrante no dia 29 de dezembro de 2015. As investigações afirmaram na época que ele teria assassinado o modelo em razão de um soco que levou após discussão com a vítima.

O advogado Delano Cruz informou que foi contatado pelo pai do suspeito e, no momento em que Renilson preparava-se para ir ao escritório do advogado, acabou sendo preso em casa, no Bairro Antônio Bezerra.

Fonte: Tribuna do Ceará

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster