sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Polícia investiga tortura contra jovem com paralisa cerebral

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra várias agressões cometidas por uma cuidadora contra um adolescente de 17 anos com paralisia cerebral, ocorridas no município de Ubajara, 304 km de Fortaleza. As agressões foram registradas por câmeras de segurança instaladas na casa da vítima. Os equipamentos foram instalados pelos familiares do adolescente, que nas últimas semanas aparentou estar muito nervoso. 
As imagens são fortes e chocaram a população. A cuidadora, que seria uma jovem de 22 anos aparece colocando uma fraude no adolescente. Ele fica muito agitado com os movimentos e a jovem coloca todo o seu peso contra o menor. Em seguida, empurra-o para o meio de uma cama. Em uma parte do vídeo, a vítima aparece sentada em uma cadeira e a cuidadora surge, puxando a sua orelha. A funcionária ainda tampa a boca e o nariz do jovem enquanto ele é alimentado. 
Familiares contaram que o adolescente nasceu com a paralisia e portanto, sempre dependeu de terceiros para se alimentar e se deslocar. Além do comportamento, diversas marcas começaram a aparecer no corpo do menor.
Veja: 
As imagens foram encaminhadas para a Polícia Civil, que abriu um inquérito para investigar o caso. Em depoimento, a cuidadora confessou as agressões, mas disse que se arrependeu do que fez. A jovem contou que trabalhava desde 2012 na residência e sofria perseguição pelos patrões, descontando no adolescente. A cuidadora disse que tinha muito afeto pelo rapaz, apesar de o agredir.

Com informações do Portal de Notícias Cnews

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster