quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Corpo de estudante de Cabo Verde será levado ao país nesta quarta

Vânia Fernandes, alunos de Cabo Verde, é achada morta no Eusébio, no Ceará (Foto: Facebook/Reprodução)Vânia Fernandes, alunos de Cabo Verde, é achada morta no Eusébio, no Ceará (Foto: Facebook/Reprodução)






























O corpo da estudante cabo-verdiana Vânia Fernandes, de 21 anos, será levado para seu país de origem na tarde desta quarta-feira (17). O traslado foi custeado pelo governo do país africano.

Conforme o estudante africano Fernando Sanha, articulador da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial no Ceará, antes do transporte, será realizada, a partir das 12h, no terminal de embarque do aeroporto Pinto Martins, uma homenagem para a estudante, que reúne amigos, familiares e outros estudantes africanos.A jovem foi encontrada morta com marca de tiro no carro do namorado, um Policial Militar, no dia 27 julho, no Eusébio, na Grande Fortaleza. Ela era natural de São Domingos.

Investigações
Segundo a responsável pela investigação, Ana Lúcia Moreira, da Delegacia Metropolitana do Eusébio, as investigações estão avançando, no entanto, "ainda é necessário aguardar o resultado de alguns laudos para que novas informações sejam divulgadas", afirma. A delegada estuda a possibilidade de pedir uma reconstituição envolvendo alguns personagens relacionados ao dia do crime.

O crime
O corpo da garota foi localizado dentro do carro do namorado da vítima, um policial militar. O corpo está atualmente na Perícia Forense do Ceará (Pefoce). O corpo foi reconhecido pela tia, Dulce Cardoso, que também mora na capital cearense.

"A Divisão de Homicídios instaurou inquérito policial e transferiu o procedimento para a Delegacia Metropolitana do Eusébio, responsável pela circunscrição do local onde ocorreu o fato. A investigação sobre o caso prossegue. A Polícia não descarta nenhuma possibilidade e informa que detalhes não podem ser repassados para não comprometer o andamento das apurações", diz a Secretaria de Segurança Pública.

Segundo a tia, a morte de Vânia foi informada pelo namorado. A tia conta que Vânia e o companheiro tinham um relacionamento há quatro meses. Ainda de acordo com Dulce, Vânia Fernandes frequentou em Fortaleza um curso de inglês para a formação de assistente de bordo.

Via: G1

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster