sábado, 20 de agosto de 2016

Atentado a ativistas políticos em Caucaia pode ter sido primeiro ato do PCC na corrida eleitoral

O  tiroteio ocorrido na tarde desta quinta-feira (18) na cidade de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), e que deixou gravemente ferido um ativista político, pode ser uma das primeiras ações violentas da facção criminosa PCC no Ceará, na corrida eleitoral de 2016.  Mal começou oficialmente o período da campanha nas ruas, e Caucaia já apresenta sinais de que o acirramento poderá descambar para  fatos trágicos.
Em entrevista exclusiva concedida, na manhã desta sexta-feira (19), ao cearanews7.com.br, o coronel PM Amarílio Melo, candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por  Hipólito índio, o “Potim” (PTC), não descartou a possibilidade de que o atentado tenha sido articulado pelo PCC que estaria por trás de outras candidaturas naquele Município.
Amarílio citou que a “Revista Veja” já apontou a possibilidade de envolvimento da facção criminosa paulista na campanha eleitoral em Caucaia. E, segundo ele, a forma como o ataque ocorreu na tarde de quinta-feira, deixou claro que o objetivo do pistoleiro era balear pessoas que atuam como militantes de sua chapa.
Tiros na rua
O caso aconteceu quando o candidato “Potim”, seu vice Amarílio, além de outros políticos da chapa e correligionários, faziam uma caminhada com cerca de 200 ativistas, pelas ruas dos bairros Cigana, Planalto Caucaia e Vila Cazé.  De repente, o evento foi interrompido por tiros disparados por um motoqueiro contra a multidão. Vários disparos acabaram atingindo um dos militantes, um jovem que estaria ali  para dirigir um carro de som. O motoqueiro estaria recebendo o apoio de outros babdidos ocupantes de um veículo modelo Gol.
A vítima, identificada como Lucivânio Silva Santos, foi levada, em estado grave, para o Hospital Municipal de Caucaia, onde permanece em estado considerado grave. O atirador conseguiu fugir antes da chegada da Polícia.
O candidato Amarílio Melo informou que, diante da violência que se estabeleceu em Caucaia, deverá solicitar a intervenção da Polícia Federal e da Secretaria da Segurança Pública do Ceará para garantir a integridade física dele e de seu companheiro de chapa, além de todos os cidadãos de Caucaia, especialmente, aquela que estão atuando na campanha eleitoral.
Via: Ceará News

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster