quarta-feira, 27 de julho de 2016

Gestante é morta com disparo efetuado pelo esposo

A vítima lavava roupas quando foi atingida com um tiro nas costas


Ciúmes é a razão apontada por familiares de Lucineide Tomaz da Silva (35), pelo crime que resultou em sua morte. A vítima foi atingida com um disparo nas costas por seu companheiro, Erivan Ferreira da Silva (28), enquanto lavava roupas no Sítio Engenho da Serra, no Distrito de Santa Fé, localizado no município do Crato, 567 km de Fortaleza. 

Lucineide estava em seu quarto mês de gestação, fruto da relação de um ano com Erivan. Os dois conversaram por alguns minutos até o suspeito apresentar a espingarda e disparar contra a mulher, que caiu dentro de um riacho e morreu. O tiro atingiu as costas da gestante. Após o crime, o homem retirou Lucineide de dentro do riacho e abandonou o corpo em uma pedra. A espingarda usada para cometer o crime foi abandonada no local.

Familiares da vítima afirmam que o relacionamento era bastante conturbado. Vizinhos afirmam que o esposo era bastante ciumento e por conta disto, diversas brigas aconteciam recentemente. Lucineide tinha dois filhos de outra relação e esperava o terceiro, fruto da relação com Erivan.

A Polícia Militar continua fazendo buscas para encontrar o suspeito.

Fonte: Cnews

Compartilhe com seus amigos:

Postar um comentário

Matérias produzidas por estagiários

 
Subir
Copyright © 2015 NOTÍCIAS DE PENTECOSTE. Designed by Esgwebmaster