sábado, 14 de dezembro de 2013

BRINQUEDO TOMBA MORTO EM POSSÍVEL TIROTEIO COM A POLÍCIA, EM JUAZEIRO DA BAHIA

Francisco Josiano Pereira, de 33 anos, o Brinquedo, foi morto em tiroteio com a polícia (Foto: Agência Miséria)

A incessante caçada pelo foragido da polícia, Francisco Josiano Pereira, de 33 anos, conhecido como Brinquedo, teve fim na manhã deste sábado, 14. De acordo com informações repassadas ao Site Miséria pelo Comandante da Companhia da Polícia Militar da cidade de Brejo Santo Capitão L.Rodrigues, Brinquedo foi morto durante um possível confronto com a polícia no municipio de Juazeiro da Bahia, na localidade conhecida como Projeto Mandacaru, onde estava refugiado.

Segundo informações extra-oficiais, os policiais militares foram recebidos a bala, no momento em que cercavam o imóvel onde o foragido se escondia. Após intensa troca de tiros, Brinquedo tombou sem vida. A busca pelo homem acusado de tráfico de drogas, assaltos à banco, roubos e assassinados percorreu pelo menos cinco estados do Nordeste. A PM da Paraíba, Piauí, Bahia, Pernambuco e Ceará estavam no encalce de Brinquedo há alguns meses.

A reportagem do Site Miséria entrou em contato com o Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro da Bahia, no qual foi fornecido o número de um telefone para que os parentes de Brinquedo possam entrar em contato para fazer o reconhecimento do corpo. (74) 3611-7938.

SAIBA MAIS

Brinquedo era apontado como líder de uma quadrilha e tido como principal mentor de homicídios e roubos de grande magnitude. No dia 15 de Outubro, ele foi visto na companhia de Jarlieldo Jackson da Silva, de 18 anos, durante uma tentativa de homicidio contra um adolescente de 16 anos, no Bairro Casimiro Farias, em Missão Velha.

Duas semanas depois, no dia 27, Brinquedo trocou tiros com a polícia na cidade de Mauriti. Na ação, uma viatura do Destacamento de Mauriti ficou bastante avariada. Josiano e outros três comparsas conseguiram empreender fuga em direção do Distrito Buritizinho, utilizando uma Hilux de cor prata e placas PGE-9710 que havia sido roubada em Missão Velha. Este mesmo veículo tinha sido visto durante a destruição do Caixa Automático do Banco do Brasil de Penaforte.

No dia seguinte, a polícia prendeu Damiana Alexandre de Souza, de 33 anos, em posse de 200 gramas de maconha. Segundo os militares, a jovem era integrante do bando de Brinquedo. Naquele mesmo dia, as policias do Ceará e da Paraíba encontraram a Hilux utilizada na fuga da quadrilha incendiada no Sítio Campos, zona rural de Conceição - PB.

Na mesma semana, a Polícia prendeu seis homens fortemente armados e municiados na zona rural de Mauriti que seriam integrantes do bando liderado por Brinquedo. Com eles a polícia encontrou três revólveres calibre 38, uma pistola 9mm de uso restrito, farta munição de calibre 380, outros 9mm, alguns 38 e mais calibre 28. Além das armas e munições, certa quantidade de maconha e crack, bem como duas motocicletas, sendo uma delas com o chassi picotado.

Brinquedo era tido como uma pessoa de alta periculosidade com ações em várias cidades do Cariri, principalmente Missão Velha, Abaiara, Mauriti e Milagres. Ele já havia cumprido pena por por tráfico de drogas na Penitenciária Industrial e Regional do Cariri e, contra ele, existiam dois mandados de prisão, sendo um datado do dia 23 de agosto e outro do dia 20 de setembro.

AUTOR: MISÉRIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Produzido por ESG WEB MASTER